Google+ PNEUMATOFONIA - VOZ DOS ESPÍRITOS

sábado, 2 de maio de 2015

O MELHOR LUGAR DO MUNDO


O Melhor Lugar do MundoLetra & Música: Marcelo CavalcanteEu deixei o amor morrer,Sem poesia e cor,O arco íris...

DELAÇÃO PREMIADA


Delação PremiadaLetra & Música: Marcelo CavalcanteQuero ver a justiça de cartilha nas mãos,Praticar o que prega,Dar...

quinta-feira, 30 de abril de 2015

FONTE DE VIDA


Fonte de VidaLetra & Música: Marcelo CavalcanteVejo tantos jovens mergulhados em solidão,Vivem num mundo próprio sem...

quarta-feira, 29 de abril de 2015

TEMPESTADES DE AREIA

by MARCELO CAVALCANTE

O silêncio responde a todos os gritos;
A serenidade norteia os conflitos;
A pacificação é autoconsciência;
O bem ilumina o dia;
A culpa é uma reflexão tardia;
A paz são palavras e ações em coerência.

Muitos dizem que são, não sendo;
Vive melhor, o ser consciente de que está morrendo;
Ignore a dor, mas não a lição.
O silêncio revela disciplina;
O grito é alienação emotiva;
A morte é libertação.

Entre rochas e tempestades de areia;
A alma inconsciente vagueia;
A intuição lhe guia os passos.
A ignorância é da alma, o zigoto;
O conhecimento de si é o porto;
Nada se perde no espaço.

A palavra sem ação é morta;
A ação sem reflexão é torta;
A justiça não delega aos outros os teus espinhos.
Nasceste só, morrerás só;
Do limbo ao lume das estrelas, és pó;
Caminharás em paz, porém, sozinho.

terça-feira, 28 de abril de 2015

TODO POLÍTICO CORRUPTO É UM ASSASSINO!


Todo Político Corrupto é um Assassino!Letra & Música: Marcelo CavalcanteCada vez que vejo uma criança vendendo balas...

segunda-feira, 27 de abril de 2015

EU SOU FELIZ


Eu Sou FelizLetra & Música: Marcelo Cavalcante#Pneumatofonia#bymarcelocavalcanteFanpage:...

HIROSHIMA


HiroshimaLetra & Música: Marcelo CavalcanteQuanta solidão aqui...Eu estou tão perdido,Se olhar nos meus olhos, ver...

DISCOS NA VITROLA


Discos na VitrolaLetra & Música: Marcelo CavalcanteVem pra mim e deixa acontecerO amor que não feriu,Não deve ter...

quinta-feira, 23 de abril de 2015

ABORTO


AbortoLetra & Música: Marcelo Cavalcante A lei da gravidade nos empurra para baixo,As leis da humanidade, massacram...

terça-feira, 21 de abril de 2015

MINHA IMPERFEIÇÃO


Minha ImperfeiçãoLetra & Música: Marcelo CavalcanteEu parti sozinho,Sem saber pra onde ir.Por caminhos...

A CARTILHA


A CartilhaLetra & Música: Marcelo CavalcanteVocê veio até aquiE a cartilha ensinou,Mas quem pode me cobrar,Se a...

ANJO


AnjoLetra & Música: Marcelo CavalcanteQuando te encontrei,Senti que a vida podia brilharNa luz do teu...

ESCOLHAS


EscolhasLetra & Música: Marcelo CavalcanteVocê me disse essa noiteQue sua vida não tem valor,Que os seus sonhos se...

DESERTO DO SABER


Deserto do SaberLetra & Música: Marcelo CavalcanteAlém da dor, há o amor;Além da noite, existe luz;Além do frio, o...

DESPERTAR


DespertarLetra & Música: Marcelo CavalcanteEu vou cultivar o amor, Renascer da dor,Ser feliz...Caminhar no...

segunda-feira, 20 de abril de 2015

UM DIA DE CADA VEZ


parte ILindo é o azul celeste,Lindo é o azul do mar,Lindo é Quem fez tudo isso,Só por nos amar...As flores e o...

SEM VALORES


Sem ValoresLetra & Música: Marcelo CavalcanteE agora o que fazerPra sufocar no peito o amor?A felicidade é um dia...

ONDE VOCÊ FOI?


Onde Você Foi?Letra & Música: Marcelo CavalcantePassa o tempo...Nossa história de amor,Um momento que aos poucos...

domingo, 19 de abril de 2015

SEJA FELIZ


Seja FelizLetra & Música: Marcelo CavalcanteQuando a vidaNão permite ao aprendiz,Ser feliz...Escolha o...

O LIVRO DOS MEUS DIAS


O Livro Dos Meus DiasLetra & Música: Marcelo CavalcanteQuando esfria o coração,A solidão inquieta a paz,Há ausência...

sábado, 18 de abril de 2015

INUNDA A MINHA DOR


Inunda a Minha DorLetra & Música: Marcelo CavalcanteNasci pra resolver os meus dilemas, Não há facilidades nesse...

O QUE NÃO SERVE MAIS

O Que Não Serve MaisLetra & Música: Marcelo CavalcanteVeja a beleza que a vida ensina!O labor é duro, há dores na...
Posted by Marcelo Cavalcante on Sábado, 18 de abril de 2015

O ÚLTIMO BEIJO


O Último BeijoLetra & Música: Marcelo CavalcanteTodo o meu amorEu lhe entreguei pra ser feliz.O que restou de nó...

POR FAVOR ME DEIXE EM PAZ

by MARCELO CAVALCANTE

Eu te conheço mais,
Mas você não conhece a mim.
Porque do meu silêncio,
Eu te observo...

Você fala, fala, fala e não percebe
Que a tua falta de silêncio me irrita...
Por favor me deixe em paz.



quinta-feira, 16 de abril de 2015

TODAS AS MANHÃS

by MARCELO CAVALCANTE

A vida desperta
Pruma nova aurora
Amor, amor ao bem, à luz...

Um passo a frente
Não pare no meio da esquina
Amor, amor ao bem, à luz...

Vejo as flores germinarem no jardim,
A esperança que renasce todas as manhãs,
Eu tenho o teu amor...

segunda-feira, 13 de abril de 2015

ALEGRIA DE VIVER

by MARCELO CAVALCANTE

A alegria de viver está na alma,
No amor que semeou.
Não há palavras de adeus pra quem sofreu,
Viveu no bem e se resignou...

A folha velha dá lugar
À folha nova que virá
E quando o Sol nos despertar,
O beija-flor nos beijará...

A folha seca vira adubo,
Pra semente reviver.
É o ciclo infinito,
O despertar do próprio ser...


quarta-feira, 8 de abril de 2015

terça-feira, 7 de abril de 2015

CABOCLO

by MARCELO CAVALCANTE

Volta pra roda Caboclo,
Sente o vento soprar...

Guerreiro a vida inteira.
De navalha, a fio...

Roda de capoeira,
Corpo fechado, sofre calado,
Imaculado, resignado,
Sente calafrios...

Volta pra roda Caboclo,
Sente o vento soprar...
Sangue na terra...
História de um povo...

Gente que veio de longe,
Que não se esconde,
Suinga sem medo,
Pra manter acesa a cultura de lá...


segunda-feira, 6 de abril de 2015

A TEMPESTADE FOI EMBORA

by MARCELO CAVALCANTE

Numa estrada de poeiras,
Entre as pedras da ilusão.
Toda alma é verdadeira
Ao falar dos seus amores...

Esperar, sem merecer.
Sem trabalho, não há luz.
Mesmo que venha a sofrer,
Há felicidade em meio ao pus...

O sorriso do amor,
Vale mais que o dissabor.
A tempestade foi embora...

quarta-feira, 1 de abril de 2015

CANTO PARA MINHA MORTE

by MARCELO CAVALCANTE

Cante o amor quando eu partir,
Plante uma flor, se saudades sentir...

O último brilho em meu olhar;
O último abraço, sem palavras e adeus;
O último dia que o Sol brilhou no horizonte;
Iluminou-me e o teu sorriso foi meu último adeus...

O amor é o que mais cultivei...

Quando eu chegar ao fim da estrada,
Contemplarei as flores que semeei.
Também as cizânias e as ervas amargar,
Mas, só germinarão, as que mais cultivei...

O amor é o que mais cultivei...



segunda-feira, 30 de março de 2015

A LUDIBRIADORA

by MARCELO CAVALCANTE

Uma noite de amor tão vazia
E só uma palavra traduz,
O silêncio e os lençóis...

Tantas ideologias egoístas no amor
Em minh'alma a dor...

Você não é feliz,
Mas eu sou...

Em tantas camas vagou,
Esteve em outros lençóis,
Mas em nenhum o amor
Que te lembre quem eu fui...

Se eu fui pra você uma lembrança feliz,
Por que os outros lençóis,
Se somente um te fez feliz?


UM AMOR SEM COMPASSO

by MARCELO CAVALCANTE

O amor, o amor,
O amor chegou aqui.
O amor, o amor,
O amor chegou enfim...

Eu sei que o amor habita em mim;
Suas luzes não tem fim;
Chegou, sorriu pra mim;
Com ele sou feliz;
Minh'alma está feliz...



A PAZ

by MARCELO CAVALCANTE

Estude a vida e siga em paz.
Se o amor caminhar contigo,
Dê-lhe as mãos.
Se, contudo, ele for embora,
Caminharás só, mas, não temerás a solidão,
Porque trarás consigo
As repercussões iluminativas
Que este amor lhe deixou...

O amor é o caminho, é o sentido,
É o destino, é a meta evolutiva final.
Antes só, do que mal acompanhado.
Porque a má companhia traz em si a solidão.
Ter alguém ao lado, não é ausência de solidão,
Mas, ter o amor é ter tudo, mesmo estando só...

Posicione-se coerentemente diante da vida
E não se sentirás inadequado diante dela...

Somente a liberdade consciente
Nos trará o verdadeiro sorriso...
A paz...

A paz é tão silenciosa
Que poucas pessoas a escutam...

Eu posso ouvi-la...
Eu posso, finalmente, senti-la...
Espero que você também a encontre...